A maioria dos Projetos que se encontram no site foram desenvolvidos por Maria Miranda e Letízia Maria

Teatro Dengue – Dramatização

RECUPERAÇÃO DO TEATRO DE PREVENÇÃO E COMBATE AO MOSQUITO DA DENGUE ESCRITO EM 2006, PARA O PROJETO DA ESCOLA.

NARRADOR:

— Todos sabem que a dengue tem assolado o nosso país e principalmente o Rio de Janeiro, onde as conseqüências têm sido muito graves.

— Essa doença não causa só uma dorzinha de cabeça, febre, vômito, dor no corpo não! Agora o caso é muito mais sério!

— É a dengue na sua forma mais perversa.

— É a dengue hemorrágica!!!

— Muito pior do que as outras, Esta mata mesmo!

— Sendo assim, devemos redobrar os nossos cuidados com o ambiente em que vivemos.

— Por nós e pelo nosso próximo. Procurando evitar tudo o que favorece à formação de focos, criadouros do mosquito aedys egiptys.

— Pensando nisso, nossos entrevistadores foram às ruas fazer uma sondagem, para descobrir como anda a nossa responsabilidade, em relação a campanha contra a dengue, lançada pelo nosso Município e por nossa escola.

— Será que nossa comunidade tem fiscalizado sua casa, seu quintal?

— Será que ela tem se preocupado com seus familiares e consigo mesma, pondo em prática as medidas de prevenção tão faladas na televisão, no rádio jornais e nas escolas?

— Vamos ver o que os nossos entrevistadores vão encontrar em sua caminhada.

— Com um senhor bem informado.

— Com uma moça descompromissada.

— Uma senhora humilde com muitos filhos.

— Um garotão desiludido da vida.

— Vocês viram? Ainda tem gente que nem liga para a doença chamada Dengue!

— Assim, meus amigos, só unidos poderemos lutar e vencer esta doença causada por esses mosquitos malvados, que estão tirando do sério a população brasileira e deixando em pânico a nossa sociedade.

Senhoras e senhores!

A turma do 4º A da professora Nívia. Apresentou o teatrinho:

“Informar e prevenir é a melhor forma de se combater e evitar o mosquito transmissor da Dengue”. Obrigada.

1ª Entrevista

— O senhor conhece a doença causada pelo mosquito Aedes Egypti?

— Ele causa muito mal a saúde, se escondem em água parada, nos copos descartáveis, no meio do lixo, garrafas, pneus, poças d’água.

— O que o senhor tem feito para combatê-los?

Resposta Cantada:

— Eu vou acabar com esses mosquitinhos, no meu quintal eles não vão ficar.

— Eu vou deixar tudo muito bem limpinho,

— Água parada aqui nem pensar.

2ª Entrevista

— Ei você já teve a doença causada pelo mosquito Aedes Egypti?

Resposta:

— La vem você de novo?

Resposta Cantada:

— To nem ai, to nem ai, não vem falar destes mosquitos que eu não quero te ouvir.

3ª Entrevista

— Senhora, o que tem feito para proteger a sua família contra o mosquito da Dengue?

— Ele causa dores no corpo, inchaços, vômitos e pode até matar.

Resposta:

— Ai meu Deus!!!

Resposta Cantada:

— Eu vou matar, Eu vou matar, Eu vou matar esse mosquitinho,

— Eu vou matar, Eu vou matar, Eu vou matar, não quero ele atravessando o meu Caminho

4ª Entrevista:

— Moça você já ouviu falar nas campanhas feitas pelo governo no combate aos mosquitos Aedes Egypti?

Resposta:

— Sim, e sabe o que eu penso?

Resposta Cantada:

— Olha essa campanha é.

— A mesma que outras que eu já vi em dia.

— Todas passam e o mosquito ficará.

— Picando, aqui, ali e lá.

— Com Dengue a gente ficará.

Grito dos mosquitos:

— Mosquitos unidos, jamais serão vencidos.

Os entrevistados dão às mãos, e convocam a comunidade a participar de mais essa campanha no combate ao mosquito Aedes Egypti

Cantado:

Vem vamos unidos, o mosquito combater,

A Dengue é perigosa, para mim e pra você

Esta Luta é nossa, está na hora de vencer

Na guerra contra a Dengue,

Só o mosquito vai morrer.

Montagem da Peça

4 Agentes;

4 Mosquitos;

4 Garotos;

4 Entrevistados;

1 Narrador.

Escrito e Organizado por Maria Miranda de Souza.

Sala de Leitura – 2008

Gostou? Recomende esse artigo para seus amigos?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>